Por que ter um aplicativo para a sua empresa

17 de outubro de 2019
Criação de Sites

Atualmente as tecnologias de origem móvel vêm se expandindo de modo cada vez mais significativo. Em seu radar estão os aplicativos: só no ano de 2015, o uso dos mesmos aumentou em 58%. Além desta, outras estatísticas sobre os aplicativos merecem destaque:

  • Hoje, mais de 40% das compras realizadas são mediadas pelos aplicativos;
  • Estima-se que em 2017 o mercado de aplicativos irá movimentar mais de 75 bilhões de dólares;
  • Para o mesmo ano, estima-se ainda o crescimento dos apps em 300%.

Desde o surgimento dos aplicativos, muitos hábitos foram transformados, o que vai além da possibilidade de interação nas redes sociais. Aplicativos bancários garantem o pagamento de contas e análise de extratos, aplicativos de relacionamento nos aproximam de pessoas que nunca vimos pessoalmente, aplicativos de transporte nos levam para lá e para cá (como o famoso e polêmico Uber) e aplicativos de empresas facilitam a realização de compras e contratação de serviços.

Com base nessas informações, você também deve estar se perguntando: será que chegou a hora de criar um aplicativo para a minha empresa? A seguir, confira 4 motivos e tire a dúvida da questão do porquê ter um aplicativo para minha empresa e reflita se chegou (ou não) o momento de desenvolvê-lo para a divulgação do seu negócio.

Qual a diferença entre aplicativo e site mobile?

Quando se pensa em dispositivos móveis, há duas formas de fazer com que sua empresa possa ser acessada pelos consumidores: com um aplicativo ou com um site mobile. Há algumas diferenças importantes entre os dois, que devem ser consideradas para decidir o melhor caminho a ser seguida no seu negócio.

APLICATIVO

O aplicativo é um software que deve ser instalado pelo usuário em seu smartphone e que oferece, de forma facilitada, diversos tipos de interação. É muito útil em especial para empresas que utilizam contas de acesso ou vendas online. A grande vantagem é que ele ajuda bastante na redução do uso de dados do usuário, além de tornar a experiência mais cômoda e flexível. A desvantagem é que, além de algumas pessoas serem resistentes ao download de apps, o sistema operacional do aparelho (Android, iOS ou outros) é um fator determinante.

SITE MOBILE

site mobile é nada mais do que uma versão adaptada de um website convencional. Ele é aberto no navegador do smartphone, normalmente,

mas é apresentado de forma otimizada para tornar a navegação mais simples. Para empresas que só pensam em fornecer informações básicas ou institucionais no site, é uma boa opção.

Por que fazer um aplicativo?

ELE FIDELIZA SEUS CLIENTES

Uma coisa é certa: os usuários que fizerem o download de seu aplicativo sempre se lembrarão dele em primeiro lugar quando precisarem de algo relacionado aos produtos/serviços oferecidos pela sua marca.

A criação de um aplicativo, neste sentido, é um grande responsável pela fidelização de clientes. Quando eles tiverem dúvidas, quiserem economizar tempo ou resolver seus problemas, adivinha? Seu aplicativo estará lá de prontidão, pronto para auxiliá-lo.

VOCÊ CRIA UM RELACIONAMENTO COM SEUS CLIENTES

Com um aplicativo, você fortalece os laços entre você e o seu cliente. Isso torna o relacionamento mais intenso e, consequentemente, faz com que o usuário prefira confiar em você do que em um concorrente, por exemplo.

A criação de um aplicativo faz com que o usuário veja em você tudo o que ele precisa naquele segmento do mercado. Ele verá a sua empresa como parceira. Com base nisso, trate de não o decepcionar.

ELE OFERECE UMA EXPERIÊNCIA ÚNICA

Se o seu objetivo também é oferecer algo único para seus clientes, aposte nos apps em sua estratégia de marketing digital. Um dos motivos para a sua dúvida do porquê ter um aplicativo para a sua empresa é oferecer aos usuários uma experiência nova, inovadora e diferenciada enquanto eles navegam em seus tablets ou smartphones.

Isso porque os aplicativos permitem facilidade em uma série de aspectos: a interação e engajamento são maiores, o tempo para carregamento é mais curto e a própria experiência é mais proveitosa. Além disso, criar um app é uma forma de mostrar ao seu cliente que você quer ter um contato mais intimista, porém, sem deixar de respeitar o seu tempo.

MOSTRE QUE A SUA EMPRESA TEM UM CARÁTER INOVADOR

Atualmente, poucas são as empresas corajosas o suficiente para desenvolverem estratégias de divulgação em uma plataforma tão diferenciada e inovadora quanto os apps. E esse é um bom motivo do porquê ter um aplicativo para a sua empresa. Essa é a sua chance de inovar antes dos concorrentes, tornando-se uma referência no seu segmento de atuação. Com a criação de um aplicativo, você conquista não só um novo público, como também um novo caráter: o de empresa digital e inovadora. Que tal assumir essa responsabilidade?

Como fazer um aplicativo de sucesso para sua empresa

CUIDE DA APARÊNCIA

Como tudo na vida, o aplicativo para empresa precisa ser atraente. Isso não significa prezar mais pela aparência do que pela funcionalidade, mas sim unir os dois em um conjunto vendável. O app precisa se apresentar de forma limpa, agradável e com todas as informações necessárias sendo transmitidas de forma precisa e sem confusão. Lembre sempre que menos é mais: poluição visual é um dos maiores problemas em aplicativos de todo gênero, e podem afastar clientes facilmente. Entre um app bonito e simples de usar, e outro mais complicado e desagradável ao olhar, o consumidor muito provavelmente escolherá o primeiro.

ENTENDA QUAL A SOLUÇÃO QUE SEU APLICATIVO DARÁ

Para que alguém baixe seu aplicativo, a pessoa vai ter que entender qual o benefício para ela. Mesmo que o app seja gratuito, ninguém vai utilizar espaço do próprio celular se não achar que é um uso útil. Ou seja, é sempre melhor deixar claro, tanto na descrição quanto nas imagens de divulgação, quais são as vantagens do app, tanto em forma de facilitador quanto de inovador. Por vezes, as pessoas nem sabem que possuem uma dificuldade até se depararem com a solução; você pode aproveitar isso para oferecer uma solução através do seu app, tornando-o quase indispensável para o usuário.

FAÇA MUITOS TESTES

Sabe quando você precisa revisar um texto que tenha escrito, e acaba encontrando alguns erros bobos? E quando revisa de novo, aparecem mais erros? Com os aplicativos é a mesma coisa. Só um ou dois testes não são o bastante para ter certeza de que ele está funcionando perfeitamente; por isso, tenha certeza de que a equipe responsável pelo desenvolvimento do seu app está realizando uma verdadeira bateria de testes. É muito melhor gastar tempo nisso agora, do que consertando falhas futuras e precisando lidar com os transtornos, desconforto e falta de credibilidade que vão surgir entre os seus clientes.

ATUALIZE CONSTANTEMENTE

Estamos na era da internet e, como parte disso, é preciso entender a velocidade com a qual algumas coisas podem se tornar obsoletas. Para não permitir que isso aconteça com o seu aplicativo (e nem que ele seja deixado de lado pelos usuários), você deve fazer atualizações frequentemente. Não se engane, isso não significa mudanças constantes no app. Significa, sim, uma checagem constante à procura de possíveis melhorias, correções e conteúdo extra. Parte disso inclui a tarefa importantíssima de escutar o feedback dos clientes, para tornar a experiência deles (e, consequentemente, a confiança deles na empresa) cada vez maior.

DIVULGUE SEU APLICATIVO

Não espere que a presença do seu aplicativo em uma App Store seja o bastante! Você precisa divulgar o seu trabalho em todos os lugares. Além das mídias sociais, outras dicas boas para divulgar o seu app incluem a promoção de um App Site (uma página simples que pode ser acessada em navegadores e que já linka diretamente para o download do produto), a utilização de QR Codes (um tipo de código de barras que pode ser escaneado em qualquer lugar e levar ao aplicativo) ou a instalação de botões de compartilhamento nas principais redes sociais, deixando a divulgação para o próprio cliente.

Os 4 maiores erros na hora de fazer um aplicativo

ACHAR QUE QUANTO MAIS FUNCIONALIDADES, MELHOR

É claro que você quer que o seu aplicativo seja útil para os usuários de diversas formas, mas isso não quer dizer que ele precise de tantas formas assim. Assim como no design, menos é mais, isso pode se aplicar a funcionalidades também. Condense da melhor maneira os usos de seu aplicativo, tornando-o ágil e variável, sim, mas não confuso. Na hora de explicar o motivo para que o cliente sinta a vontade de baixá-lo, você precisa mostrar que ele terá algumas funções principais. Além disso, muitas funções podem fazer com que o seu aplicativo perca o foco da empresa.

COMEÇAR O APLICATIVO SEM A DEFINIÇÃO DO LAYOUT

Por mais que a aparência pareça uma preocupação para depois, a verdade é que um aplicativo para empresa não depende de um único fator. Por isso, o layout deve ser uma das primeiras coisas a serem definidas, não apenas pela estética, mas pela própria usabilidade do app. O layout ajuda a tornar o aplicativo mais dinâmico e leve, e as escolhas sobre ele determinam muito sobre o projeto. O melhor é prestar atenção no uso de ícones de fácil identificação, cores e padrões que combinem com a ideia da empresa, e não exagerar em subtelas ou em opções demais.

NÃO CONHECER O PÚBLICO-ALVO

Sim, a maioria das pessoas que possuem smartphones conhece e usa diversos aplicativos, mas cada um faz isso por seus próprios motivos. Um erro muito comum é ver o público dos apps como uma coisa só, pelo simples fato de serem consumidores de tecnologia móvel. Não é bem assim! O público está bastante fragmentado e, como em qualquer outro trabalho de marketing, o app também precisa ter seu público-alvo definido. Afinal, todas as decisões tomadas na concepção do software – desde suas funções até seu design – deverão ser pensadas de acordo com os desejos e exigências do seu público.

NÃO CONSIDERAR A EXPERIÊNCIA DO USUÁRIO

A experiência do usuário (também chamada de UX, User Experience) é um conjunto de percepções que o cliente tem sobre a empresa. Ela é construída não de uma vez, nem através de um único canal, mas com uma junção de esforços positivos vindos de todos os lados. Ou seja, o usuário em questão vai formar uma opinião sobre sua empresa conforme utiliza seus produtos, observa seu design, visita suas mídias sociais e por aí vai. Na hora de desenvolver o aplicativo para empresa, você deve levar em consideração toda essa experiência, o que pode ser feito com estratégia de conteúdo, por exemplo.

Cases de aplicativos brasileiros de sucesso

EASYTAXI

O Easytaxi chegou como uma resposta aos problemas enfrentados por usuários de táxis, como a demora na hora de encontrar um carro disponível. Pioneiro na América Latina, ele ofereceu um sistema fácil e rápido de contratação de táxis, garantindo tanto a segurança física dos passageiros e motoristas, quanto a segurança das transações financeiras. O app também dispõe de serviços especializados para empresas e até mesmo para viagens. E qual foi o resultado desse startup, criado em 2012? O Easytaxi se tornou presente em mais de 30 países, além de virar o aplicativo de chamada de táxi mais baixado no mundo todo.

FLEXDROID

A ideia do FlexDroid é ao mesmo tempo muito simples e muito genial. O público-alvo do app é o motorista de carros flex, ou seja, que podem ser abastecidos tanto com gasolina quanto com álcool. A principal função do FlexDroid é indicar qual a melhor opção de combustível, dependendo dos preços em cada posto. O usuário só precisa informar quais são os valores da gasolina e do álcool e o aplicativo fará o cálculo de custo-benefício, baseando-se em uma base geral de quilometragem. Além disso, ele também avisa quais são os postos mais próximos. Assim, o app se tornou uma ótima ajuda para motoristas.

IFOOD

É improvável que você não conheça o iFood. Além de ser uma das empresas com marketing mais forte no Brasil atualmente, o iFood se consagrou como o melhor app de delivery do país, além de também atuar em outros locais da América Latina. Ele se baseia em um sistema de parceria com milhares de restaurantes, lanchonetes e pizzarias, fazendo com que o cliente sempre esteja perto de um estabelecimento que ofereça delivery pelo aplicativo. Além de ser bom para quem recebe a comida, também é ótimo para os próprios restaurantes. Hoje, o iFood atende mais de 150 mil pessoas diariamente.

MUAMBATOR

Aqui temos um bom exemplo de “problema encontra solução”. Quando pedimos um produto pela internet, ou enviamos qualquer tipo de pacote pelos Correios, ganhamos um número de rastreamento, certo? Esse, porém, é o único jeito de nos manter atualizados sobre o que está acontecendo, o que só pode ser verificado se entrarmos no site dos Correios toda hora. O Muambator foi criado para facilitar isso: você só precisa colocar o código uma vez e ele irá te atualizar a cada mudança pelo meio que você preferir, e-mail ou até DM no Twitter. Feito no Brasil e para o Brasil, deu certo.

Entendeu porque ter um aplicativo para a sua empresa? Que tal desenvolver um app de sucesso para melhorar a estratégia digital de divulgação do seu negócio?

Fonte: Postdigital

http://www.postdigital.cc/blog/artigo/por-que-ter-um-aplicativo-para-a-sua-empresa

Deixe um comentário